Bonapartismo: o fenômeno e o conceito

Teoria-e-filosofia

ACESSE O ARTIGO EM PDF

Bonapartismo: o fenômeno e o conceito

Resumo: O objetivo principal deste artigo é apresentar uma síntese conceitual do fenômeno do de bonapartismo. Resultado de uma pesquisa acerca das principais apreensões teóricas já feitas sobre o fenômeno, essa síntese é, também, uma proposta nossa de interpretação do fenômeno bonapartista. Neste artigo consta também uma discussão acerca da relação do bonapartismo com os distintos níveis das estruturas políticas (Estado, regime e governo), como também as conexões entre sua emergência e a situação histórico-social conhecida como “crise de hegemonia”. Por fim, o artigo traz um breve debate em torno das elaborações sobre o bonapartismo produzidas por dois marxistas acadêmicos contemporâneos: Nicos Poulantzas e Domenico Losurdo.

Palavras-chave: 1. Bonapartismo; 2. Autonomia relativa do Estado; 3. Crise de hegemonia

 

Bonapartism: the phenomena and the concept

Abstract: The aim of this paper is to present a conceptual synthesis of the Bonapartist phenomenon. This synthesis is a result of a survey on the main theoretical analyzes ever made about the phenomenon, and is also a proposal for our interpretation of the Bonapartist phenomenon. This article also debates the relationship of Bonapartism with the different levels of political structures (state, regime and government), as well as the connections between their appearance and the historical-social situation known as “crisis of hegemony”. Finally, the article provides a brief discussion about the conceptions on Bonapartism produced by two contemporary Marxist scholars: Nicos Poulantzas and Domenico Losurdo.

Keywords: 1. Bonapartism; 2. Relative autonomy of the State; 3. Crisis of hegemony

 

Participe da discussão sobre o artigo/edição acima.