Entrevista com Benno Teschke: repensando as relações internacionais

Questões-internacionais

ACESSE AQUI O PDF

Repensando as Relações Internacionais: uma entrevista com Benno Teschke

Resumo: A entrevista a seguir foi feita por George Souvlis e Aurélie Andry com o pesquisador Benno Teschke, publicada na Viewpoint Magazine. Autor do livro The Myth of 1648: Class, Geopolitics and the Making of Modern International Relations (sem edição brasileira atualmente), Teschke inovou o campo das Relações Internacionais propondo uma interpretação marxista que dialogasse com o chamado “Marxismo Político”, concentrando-se nos agentes responsáveis pela formação da política internacional europeia ao longo dos séculos. Nessa entrevista, além de discutir sua abordagem teórica, o autor também analisa sua trajetória intelectual, as formas de compreender as relações internacionais no capitalismo e também faz algumas observações sobre o Marxismo Político, as apropriações sobre Carl Schmitt e o futuro da União Europeia.

Palavras-chave: 1. Relações Internacionais; 2. Marxismo Político; 3. Carl Schmitt.

Rethinking International Relations: an Interview with Benno Teschke

Abstract: George Souvlis and Aurélie Andry conducted the following interview with researcher Benno Teschke that was published in Viewpoint Magazine. Teschke is the author of The Myth of 1648: Class, Geopolitics and the Making of Modern International Relations, a groundbreaking work in the field of International Relations, conceiving a Marxist approach in an open dialogue with the so-called “Political Marxism”, focusing in the agents responsible for the making of foreign policy in Europe over the centuries. In this interview, besides discussing his theoretical approach, he also talked about his own intellectual trajectory, the ways of understanding International Relations in capitalism and made a few observations about Political Marxism, Carl Schmitt’s appropriation, and the future of the European Union.

Keywords: 1. International Relations; 2. Political Marxism; 3. Carl Schmitt.

Participe da discussão sobre o artigo/edição acima.