A crise estrutural do capital

economia

ACESSE AQUI O PDF

Resumo: Vivemos na era de uma crise histórica sem precedentes. Sua severidade pode ser medida pelo fato de que não estamos frente a uma crise cíclica do capitalismo mais ou menos extensa, como as vividas no passado, mas a uma crise estrutural, profunda, do próprio sistema do capital. Como tal, esta crise afeta — pela primeira vez em toda a história — o conjunto da humanidade, exigindo, para esta sobreviver, algumas mudanças fundamentais na maneira pela qual o metabolismo social é controlado.

Palavras-chace: 1. Crise; 2. Capitalismo; 3. Marxismo

Participe da discussão sobre o artigo/edição acima.