Democracia e revolução no pensamento de Marx e Engels (1847-1850)

Teoria-e-filosofia

ACESSE AQUI O PDF

 

Resumo: Utilizado pela primeira vez por Karl Marx em A questão judaica (1843), o conceito de revolução permanente indicava o caráter ininterrupto da mudança política e social na Alemanha. Inspirado nas transformações políticas e sociais ocorridas na França entre 1789 e 1793, o conceito procurava dar conta de uma situação na qual, ao contrário daquela que lhe serviria como fonte de inspiração, a emancipação política deveria ser precedida pela emancipação social para se realizar. A relação existente entre democracia e revolução, subjacente a esta problemática, ocupará a atenção de Marx e Engels nos anos imediatamente anteriores às revoluções de 1848 e 1849 na Europa. É a partir dessas experiências revolucionárias europeias que Marx retomará, em 1851, a ideia de revolução permanente, procuranto, através deste conceito descrever a relação existente entre revolução democrática e revolução social no processo de transformação social. O objetivo do presente trabalho é discutir o processo de construção de uma crítica marxiana da democracia e o lugar ocupado nessa crítica pelo conceito de revolução permanente.

Palavras-chave: 1. Democracia; 2. Revolução; 3. Revolução permanente

 

Democracy and permanent revolution in Marx and Engels’ thought (1847-1850)

Abstract: Firstly used by Karl Marx in the Jewish Question (1843) the concept of permanent revolution indicated the uninterrupted character of the social and political change in Germany. Inspired in the political and social changes which occurred in France between 1789 and 1793, this concept tried to deal with a situation in which, contrarily to what which inspired it, the political emancipation, to be accomplished, should be preceded by the social emancipation. The relationship between democracy and revolution, underlying this issue, will attract Marx and Engels’ attention in the years prior to the 1848 and 1849 revolutions in Europe. Based on these experiences, Marx will resume, in 1851, the idea of permanent revolution, trying by means of this concept, to describe the relationship between the democratic and social revolution in the process of social transformation. The aim of this paper is to debate the process of building a Marxian critique of democracy and the place of the concept of permanent revolution within this critique.

Keywords: 1. Democracy; 2. Revolution; 3. Permanent revolution

 

Participe da discussão sobre o artigo/edição acima.