Revoluções passivas na América Latina

Estado-e-conflitos

ACESSE O PDF

Revoluções passivas na América Latina

Resumo: O artigo investiga os resultados de uma pesquisa sobre os usos do conceito gramsciana de revolução passiva pelos gramscianos latino-americano nos anos 1970-1980, período da difusão do pensamento de Gramsci, pouco conhecido até então no continente. Em seguida, apresenta considerações sobre o conceito em Gramsci, mas também além deste autor, colocando ênfase na relação entre passividade e subalternidade, e nas noções de progressividade e hegemonia.

Palavras-chave:1.Antonio Gramsci; 2. Revolução Passiva; 3. Subalternidade

 

Passive revolutions in Latin America

Abstract:The article investigates the results of a research on the uses of Gramsci’s concept of passive revolution by the latin american gramscians in the years 1970-1980, period of the diffusion of the Gramsci thought, little known then in the continent. And then presents considerations about the concept in Gramsci, but also beyond this author placing emphasis on the relationship between passivity and subalternity, and on the notions of progressivity and hegemony.

Keywords: 1.Antonio Gramsci; 2. Passive Revolution; 3. Subalternity

Participe da discussão sobre o artigo/edição acima.